Pare desperdiçar tempo e dinheiro cometendo esses 7 erros nas Mídias Sociais.


Publicado dia 11 set 2018


Não cometa o mesmo erro que diversas empresas que publicam conteúdo sem nenhum planejamento e conhecimento sobre seu público. Se o seu concorrente faz isso, você já estará na frente dele.

Hoje somos 130 milhões de brasileiros que utilizam as Mídias Sociais quase que diariamente e quem não as utilizar em prol do seu negócio vai acabar ficando para trás.

As Mídias Sociais vão muito além de publicar sobre seus produtos e serviços todos os dias. Com elas é possível conhecer ainda mais o seu cliente, suas dores, desejos, demandas e fidelizá-los por meio de conteúdos relevantes. Mesmo assim, ainda vemos muitas empresas utilizando as Mídias Sociais sem um planejamento, se preocupando somente com autopromoção e desperdiçando tempo, dinheiro e não explorando todo o potencial que essas ferramentas tem.

Confira abaixo os 7 erros mais comuns que eu vejo as empresas cometerem.

Erro 1 – Não conhecer o seu público

Em minhas Mentorias de Marketing eu sempre faço duas perguntas para meus clientes:

·        Qual é o problema que ele resolve?

·        Quem tem esse problema?

Parece óbvio, mas não é. Muitos empreendedores não sabem responder essa pergunta, mas elas são o ponto de partida de qualquer negócio. Todo produto ou serviço tem apenas dois objetivos, que é resolver um problema ou realizar um sonho/desejo. É preciso entender qual o benefício está por trás e qual é o real objetivo do cliente. Nosso produto ou serviço é somente um meio para o cliente atingir um resultado esperado.

Quando essa questão está respondida, precisamos saber quem é que está em busca desses objetivos. E aqui não cabem mais aquelas segmentações jurássicas como “ Homens de 20 a 40 anos, classes A e B”. É preciso ir mais a fundo sobre quais são os interesses do cliente, dados sobre sua rotina, perfil psicográfico, constituição familiar, renda, cargo, escolaridade e até mesmo informações sobre sua rotina. No marketing atual, chamamos isso de “construção de personas”. O ideal é que tenhamos de 1 a 3 personas diferentes.

Após a construção das personas e definição dos objetivos e anseios dessas personas, ficará muito mais fácil saber qual o tipo de conteúdo criar, qual a linguagem que deve ser utilizada e quais redes sociais estar presentes.

Dica extra: Eu gosto muito de utilizar a ferramenta Audience Insights do Facebook. Ela pode trazer informações muito interessantes a respeito do seu público. Acesse pelo link: www.facebook.com/ads/audience-insights

Erro 2 – Publicar sem Planejamento

Outro erro muito comum é a falta de planejamento ao utilizar as Mídias Sociais. Ao não planejar, os conteúdos podem ficar sem contexto, improvisados e muito provavelmente você esquecerá de fazer as publicações pretendidas.

Sempre que começo um trabalho com um novo cliente, realizo um Briefing para definição das Personas, Objetivos, Diferenciais, Posicionamento desejado. Após isso, é feita uma Análise dos Recursos Internos, dos Concorrentes e só então é definida quais serão as Mídias Sociais serão utilizadas, a frequência e os tipos de conteúdo.

No dia a dia, utilizamos também um calendário editorial que facilita o acompanhamento dos conteúdos que precisam ser criados e publicados. Isso evita esquecimento e nos ajuda a preparar os conteúdos com antecedência.

Erro 3 – Abandonar Fanpages e Perfis

Esse é um erro muito comum que provavelmente pode acontecer em decorrência da falta de Planejamento, descrito no item anterior. Quando não temos um Planejamento, acabamos não dando prioridade para a criação de conteúdo para nossa fanpage e vamos deixando sempre para depois.

Eu considero esse um erro muito grave, pois pode passar a impressão de desleixo, pode passar a impressão de que a empresa não está em atividade mais, caso a última publicação tenha sido feita a muito tempo. Imagina que você tem um bar que publica constantemente sobre os eventos, promoções e agenda de eventos e de repente para de publicar. Se alguém chegar até o seu perfil no Instagram ou na sua fanpage do Facebook, pode imaginar que o bar não estará aberto.

Não é preciso publicar todos os dias, mas é importante manter uma frequência e não falhar. Tenha consciência que as Mídias Sociais também fazem parte da construção e credibilidade da sua marca.

Erro 4 – Não Completar Perfil

Todas as Mídias Sociais nos permitem colocar as informações da Empresa como endereço, Horário de Funcionamento, um texto de apresentação e outras informações relevantes.

Ao não completar os perfis, você pode perder clientes para o concorrente que colocou todas as informações que esse cliente está buscando. Já há algum tempo que o Facebook lançou uma nova função para a fanpage que permite que as empresas/negócios contem a sua história que fica em destaque para quem visitar a página. É possível colocar uma capa, criar um texto, adicionar imagens. Parece quase uma landing page. Um excelente recurso que deve ser aproveitado.

Ao decidir utilizar uma Rede Social, explore todas as possibilidades e não deixe nenhuma informação não preenchida. Esse pode ser um fator determinante para um cliente que está pronto para comprar escolher entre você e seu concorrente.

Erro 5 – Não responder mensagens e comentários

Você já mandou mensagem para alguma empresa e ficou no vácuo? Como você se sentiu? Qual foi a impressão que aquela empresa te passou? Talvez essa empresa tenha ficado a uma resposta de uma venda.

Assim como abandonar a sua fanpage, não responder mensagens pode passar a impressão de desorganização e uma arranhada na credibilidade da empresa. Se ela não responde, imagina como não será o atendimento caso eu tenha algum problema? Responder as mensagens nas redes sociais, sejam elas privadas ou públicas, também faz parte do atendimento da empresa.

Uma dica importante: Quando algum cliente fizer algum comentário negativo, não apague. Responda educadamente, contorne e resolva a situação. Isso passa muita credibilidade para quem lê. Mostra comprometimento e respeito ao cliente. Todos sabemos que erros acontecem e ninguém quer se relacionar com uma empresa que não reconhece os seus erros e não respeita os clientes.

Dica importante dois: Comentários dão relevância para a publicação, perdendo somente para o compartilhamento. Para incentivar comentários e mensagens, oculte algumas informações importantes. Isso fará com que os interessados naquele conteúdo façam perguntas. Quando alguém faz uma pergunta, você sabe que existe um interesse e você ainda fica sabendo quem é a pessoa. Uma excelente oportunidade. Procure entrar nos perfis dessas pessoas para conhecer um pouco mais sobre o público que se interessa pelo seu conteúdo.

Erro 6 – Só publicar sobre vendas o tempo inteiro

Não tem nada mais chato do que aquele perfil que fica querendo te vender o tempo inteiro ou se autopromovendo, dizendo o quanto ela é incrível e a melhor do mundo.

As pessoas seguem perfis que entreguem algum tipo de conteúdo relevante, seja ele para entretenimento, crescimento pessoal, ou simplesmente por admirar a marca. O conteúdo de vendas pode e deve ser feito, mas ele deve fazer parte de todo um contexto de conteúdo relevante. O conteúdo ajuda a “vender sem vender”.

Se você fez o dever de casa e conhece seu público, quais são seus interesses e anseios, vai saber quais os tipos de conteúdo criar, mas publicações com depoimentos, bastidores, frases (que tenham a ver com o seu negócio), informações relevantes e fotos com clientes costumam funcionar muito bem. Faça sorteios, crie hashtags próprias, reposte fotos de clientes. Tudo isso ajuda a manter uma página ativa e interessante para os seguidores e estimula o engajamento e a conversa com sua marca. Quando isso acontecer, não cometa o Erro 5.

Erro 7 – Não respeitar as características de cada Rede Social

Cada rede social tem suas próprias características e é preciso conhece-las e adaptar o seu conteúdo para cada uma delas. É muito comum vermos as empresas compartilhando o mesmo conteúdo em diferentes redes sociais sem se preocupar com essas características.

Um texto como esse não faz sentido algum para o Instagram, que por sua vez não aceita links nas publicações. Se você quer atrair cliques para um texto do blog, a melhor rede social pode ser o Facebook, ou quem sabe o Linkedin, dependendo de quem é seu público (você certamente fez o dever de casa e sabe onde sua audiência está). O twitter só aceita publicações com 140 caracteres. O Pinterest é uma Rede Social de fotos, assim como o Youtube de vídeos.

Ao escolher as Redes Sociais quando fizer seu planejamento, lembre-se de todas essas características e o quanto de trabalho você terá para manter todas essas redes sociais. Você não quer abandonar nenhuma delas e cometer o Erro 3, correto?

Claro que quanto mais Redes Sociais sua marca estiver presente, melhor, desde que sejam relevantes. Mas antes de estar em todas e sair criando contas, avalie se dará conta delas. Qualidade é melhor do que quantidade. Pense nisso.

CONCLUSÃO

Se você quer ter sucesso com o seu negócio, é obrigatório estar presente nas Mídias Sociais, mas é preciso ter atenção para evitar esses erros. Descubra quem é seu público, faça um planejamento e dedique um tempo para criar conteúdo relevante. Encare suas Mídias Sociais com olhar estratégico e não somente porque tem que estar lá ou porque seus concorrentes estão.

Gostou desse artigo?

Ainda tem dúvidas ou precisa de ajuda? Entre no meu grupo EXCLUSIVO de Dicas de Marketing, receba notificações de novos conteúdos, tire suas dúvidas ou me mande uma mensagem:

Acesse o linkhttp://inteligenciademkt.shortcm.li/dicas.imkt

WhatsApp